17 de fevereiro de 2013

Magia Artesanal

Queria porque queria ter uma recordação da madeira e dos artesãos locais. Cabo Delgado tem artesãos de mão cheia. A grande maioria de origem maconde, trabalham a madeira com artes mágicas.

Contactei vários artesãos e falei com uns quantos. Numa espécie de entrevista, com a madeira em bruto ao centro, analisava conversa, ideias, atitude, sinceridade nos olhos e claro, orçamento!

A decisão pendeu para o mestre Paulo. Não o mais barato mas aquele a quem os olhos brilharam ao ver a madeira e o nosso desenho, dando o mote para o que queríamos. O mestre Paulo diz que não tem estudos...que não conseguiu ir à escola. Mas eu acho que ele tem algo tão ou mais valioso: a arte de trabalhar madeira!!



Carregar um tronco maciço de pau-preto implicou 3 homens e até uma abertura improvisada da vedação para encurtar caminho.



Um leigo que olhe para um tronco em bruto não vê nada. Eu não vejo. Só vejo madeira e muitas rachas. Mas o mestre Paulo, neste momento, estou certo, já tirava medidas e borbulhava de ideias!




Várias ferramentas e todo o tipo de cosmética para trabalhar a madeira. O nível de toque vai desde o machado, espátula, várias lixas até, por fim, o pano que faz a limpeza final.











A primeira figura do homem...





...e a mulher, deitada, em estado bruto (à direita na imagem).



Uma coleção de antes, durante e depois...

 



 



E o resultado final: FANTÁSTICO!!


10 comentários:

Casola disse...

lindíssimo sr engº! :)

Claudia disse...

Maravilhoso André!! Beijinhos

Joana disse...

Muito bonitas!!
Que altura têm?

beijinho e parabéns ao artista.

André disse...

Altura é pelas ancas...há que ser prático! ;)

Kkul disse...

love our beautiful collections....kisses darling..

JP disse...

O mestre Paulo é um verdadeiro artista...
Assim como tantos outros que existem em Moçambique.

Admirável

Abraços

JP

DeM disse...

Lindooo!!

macaca grava-por-cima disse...

wow!!!

Joana disse...

ainda é uma altura considerável...

Mateca disse...

Que artista! Que beleza!