30 de março de 2010

Considerações geográficas

Muita gente me perguntou, e também eu a mim próprio, como são as relações básicas entre Portugal e Moçambique: área e população. É do senso comum que Moçambique é bem maior que Portugal e, jogando um Tetris geográfico, em que as peças têm o tamanho de Portugal, podemos encaixar várias em Moçambique, mas quantas?

Numa primeira abordagem, e olhando para os continentes de ambos os países, encaixamos, quase três vezes, o velho continente no continente mãe! O mesmo será dizer que são precisas cerca de 2,8 Europas para preencher África.

Ora eu decidi consultar a Wikipédia e “cozinhar” essa informação. A área de Moçambique é de cerca de 800 mil Km2 e a de Portugal um pouco maior que 92 mil Km2. Bem sei que nos chamam o cantinho da Europa, mas neste exercício vamos multiplicar a área do cantinho por 8,7 e temos o espaço Moçambicano.

Esta diferença pode levar-nos a considerações curiosas:

- Se Portugal tivesse o tamanho de Moçambique, a distância entre Lisboa e Porto passaria a ser de cerca de 885 Km!

- Saindo de Lisboa tínhamos que percorrer quase 600 Km até à fronteira, em Badajoz.

- A distância sul-norte de Moçambique é a mesma entre Lisboa e Amsterdão! Ou seja, percorríamos quase 2 mil Km sem sair do mesmo país…

Em termos de população os números estão mais equiparados, cerca de metade dos Portugueses, em relação aos Moçambicanos.

Os portugueses contam com os seus famosos 10 milhões (mais 600 mil resultantes do último census) e os Moçambicanos são cerca de 20 milhões.

Isto levou-me logo a pensar, e espero que a vocês também: “os Moçambicanos vivem muito mais à larga pá!”. Como é que isto se interpreta? O dobro da população a viver numa área 8 vezes maior? É verdade…e qual investigadorzinho geográfico fui em busca dessa informação. A resposta é simples, e a matemática dá-la:

Se Moçambique ocupa 8,7 vezes o tamanho de Portugal, mas apenas têm o dobro da população…


…a densidade do país africano é um quinto da densidade do país europeu! Ou seja, se estivéssemos encaixados em dois quadrados de igual dimensão, por cada Moçambicano havia 5 Portugueses. O que faz com que os Tugas andem mais apertados no seu rectângulo. Mas deixemos de fórmulas e explicações e passemos às imagens, comprovando que as 3 que se seguem falam mais do que as 370 palavras que escrevi, antes de iniciar a frase onde me encontro.
Relação entre áreas


Relação entre população


Densidade populacional, considerando a área dos países igual



15 comentários:

Bichocao disse...

Tu es um demografo estatistico geo estrategico nano tecnologico!!!

ginarsenio disse...

hahah, parece que em MZ respira-se Andre

CAJU disse...

Belo trabalho André. Adorei.

Frederico Henriques disse...

Muito elucidativo. Está fixe a comparação. :)

Isa disse...

Muito fixe a comparação, André. Para quem não percebe nada de distâncias e coisas e números, fica a perceber tudinho :)))
Toda a noção de dimensão muda quando damos de caras com uma África ou um Brasil :)
Bjoooos

Joana disse...

Epá...que belo momento de reflexão numérico-geográfico!!

Fada da felicidade disse...

e que boas representações gráficas!
:D

Obrigada, STOR, ANDRÉ!

Sara disse...

so tu....so tu.....!! fantastico....iluminado!!! ahahahah...eis como se faz um bom professor....

André disse...

eh eh...vejo que fizeram sucesso os mapas!

Eis uma boa maneira de "servir" informação! ;)

André, um geomático ao vosso serviço

Rodrigo disse...

Ficaram muito bem os mapas, tal como o cálculo adjacente! Muito bem explicado, de fácil compreensão! Ao teu nível :)

"ninguém" disse...

Belo trabalho, com grande nível!Pena não seres professor, serias um grande professor!
Que tudo vá correndo como desejas...

André disse...

Cof, cof...com tanto elogio, fico cheio de ego...e motivação para continuar a fazer pesquisas! eh eh

Já fui professor e gostei muito...

macaca grava-por-cima disse...

a tua veia de sr. professor a vir ao de cima... Sem dúvida.

Muito bom o post!
Beijos

Bichocao disse...

amanha o blog faz anos e espera se entao a surprsa!!!

Anónimo disse...

Está muito giro, interessante e didáctico. Continua. Lena Carvalho